PATRONESSE
Escreva subtítulo aqui

Luciana de Abreu (1847-1880)



Luciana Maria de Abreu nasceu em Porto Alegre/RS, em 11 de julho de 1847, e faleceu em Porto Alegre/RS, em 13 de junho de 1880. Foi educadora e escritora brasileira. Deixada na roda dos expostos da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, logo após o nascimento, foi adotada dias depois por Gaspar Pereira Viana e esposa, ele guarda-livros da casa comercial de Pôrto Irmãos. Cresceu na família e em 1867 casou com João José Gomes de Abreu. Com menos de um ano de casados tiveram uma filha de nome Maria Pia, depois outro filho de nome Teófilo. Entrou para a Escola Normal, criada em 1869, e ao concluí-la conseguiu ingressar no magistério provincial. Escritora, distinguiu-se nos meios culturais e nos saraus literários, sendo convidada a ingressar na Sociedade Partenon Literário. Foi a primeira mulher a entrar, no Brasil, para uma sociedade literária. Foi também a primeira mulher que subiu à tribuna para expor suas ideias, entre as quais a da emancipação da mulher. Faleceu aos trinta e três anos de idade, vítima de tuberculose.